domingo, 14 de dezembro de 2014

MAIS UM ANO TERMINA E COM ELE RESSURGEM NOVOS SONHOS, PROJETOS A SEREM CONSTRUÍDOS, ESPERANÇAS DE UM TEMPO NOVO E PROMISSOR!
AGRADEÇO A TODOS QUE VISUALIZARAM MEU BLOG E AOS AMIGOS E ALUNOS QUE PARTICIPARAM DOS MEUS CURSOS EM 2014.
DESEJO A TODOS  UM NATAL DE PAZ E HARMONIA E UM ANO NOVO PLENO DE SAÚDE, AMOR, ALEGRIAS E CONQUISTAS!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

SHAKE DE TOFU


Muitos se utilizam, nas dietas de emagrecimento, de shakes industrializados, como uma fonte de proteína extra Esta semana compartilho uma receita simples e de baixo custo de um delicioso e naturalíssimo shake de tofu.


1 xícara de tofu picado em pedaços pequenos
1 banana prata pequena
½ mamão papaia pequeno
1 iogurte natural desnatado (200 ml)
1 colher de sobremesa de mel ou melaço

Bata todos os ingredientes no liquidificador até ficarem homogêneos. Pode substituir a banana por morangos, ameixa, manga etc.

domingo, 16 de novembro de 2014

terça-feira, 11 de novembro de 2014

DICAS PARA PREPARAR BOLOS DELICIOSOS

É final de tarde e aquele cheirinho de bolo invade a cozinha e se espalha pela casa toda. A sensação é uma das mais agradáveis, mas pode ter o efeito totalmente inverso se na hora de abrir a porta do forno, você se deparar com uma das seguintes surpresas: a massa solou, não cresceu ou está queimada. Portanto, como muitos têm dúvidas sobre como confeccionar um bolo perfeito e delicioso, compartilho, esta semana, algumas dicas que, com certeza, contribuirão para que possam preparar um bolo muito especial!

1. Aqueça o forno e unte a forma
Esse é o primeiro passo do processo. Os bolos crescem mais se forem assados logo após o preparo. A não ser que a receita dê outra indicação, mantenha a temperatura em 180 °C. Forno alto ou baixo demais deixam o bolo murcho.

2. Na hora de assar, preaqueça o forno por dez minutos, para que a temperatura interna esteja ideal para o cozimento. Mantenha uma média de 180 ºC e só abra a porta quando estiver bem perto do tempo indicado pela receita.

3. Use ingredientes na temperatura ambiente
Ovos, leite e manteiga não devem estar gelados. Outra dica importante: antes de acrescentar os ovos, à massa, quebre um a um em um recipiente separado, para ver se nenhum deles está estragado.

4. Bata as claras até que fiquem firmes
Se na receita pedir claras em neve, bata até o ponto em que você vira a tigela e ela não cai. Misture-as delicadamente com uma colher de pau ou uma espátula de silicone, incorporando à massa.

5. Adicione o fermento em pó só no final
Ele deve ser o último item incluso na massa. Guarde-o em local seco e fresco, fora da geladeira. A mudança de temperatura faz o fermento ficar alterado. Também vale checar a validade do produto antes de começar a receita.

6. Cubra o bolo depois de tirá-lo do forno
Use um pano seco e coloque o bolo coberto sobre o fogão. Nunca coloque-o em bancadas frias, porque a mudança brusca de temperatura faz a massa murchar. Também, não parta o bolo muito quente, pois ele esfarela completamente.

7. Evite abrir o forno nos primeiros 15 minutos
É recomendável cobrir o bolo com papel-alumínio se a superfície corar antes que a massa termine de assar. A parte brilhante deve estar voltada para o bolo. Deixe-o em forno brando até terminar de assar.

8. Deixe o bolo molhado
Para que o bolo fique com a massa bem molhada, você pode adicionar uma maçã ralada ou procurar receitas com iogurte, leite e até água quente.

9. Fique atenta às medidas
Ter um medidor correto para as receitas ajuda na hora de acertar a mão na massa, além de ter uma balança digital para as medidas em gramas.

10. Utilize farinha sem adição de fermento, já que cada receita pede uma quantidade específica

Boa sorte!
Abraços

Katia Borges

Especialista em Gastronomia Saudável

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

MINHA SUGESTÃO PARA O FINAL DE SEMANA: SUCO DE HIBISCO


As flores de hibisco possuem antocianinas, flavonoides antioxidantes que retardam o envelhecimento, anulando o efeito nocivo dos radicais livres.
Preparo: Coloque ½ litro de água para ferver. Apague o fogo e acrescente 1 colher de sopa de flores secas de hibisco. Tampe a panela e deixe descansar por 10 minutos. Consuma na temperatura ambiente ou gelado. Se desejar, adoce com mel a gosto.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

ESPAGUETE DE ABOBRINHA COM TOMATE CEREJA E PESTO


Uma salada deliciosa: diferente, refrescante e saudável!

Para o pesto:

1 xícara de manjericão fresco
1 dente de alho
1/4 de xícara de queijo parmesão ralado fresco
Sal marinho a gosto
3 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem

Para o macarrão

3 médias ou 4 abobrinhas pequenas
1 xícara de tomates cereja cortados ao meio
Sal marinho e pimenta do reino a gosto

Em um processador de alimentos coloque o manjericão, o alho, o queijo parmesão e o sal marinho até que se forme uma mistura homogênea. Lentamente, adicione o azeite extra virgem, enquanto aperta a tecla pulsar. Reserve.
Rale as abobrinhas no sentido do comprimento, com a casca e sem sementes. Misture-as com o pesto e os tomates cereja. Tempere com o sal, pimenta do reino e regue com um fio de azeite extra virgem.


sábado, 25 de outubro de 2014

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

quarta-feira, 8 de outubro de 2014


CURSO SOBRE LANCHES SAUDÁVEIS E NATURAIS PARA LANCHONETE QUE ESTAREI MINISTRANDO PRÓXIMA SEGUNDA FEIRA DIA 13, DAS 13 AS 17 HORAS NO LA BELLINI - ITAPUÃ

AV. DORIVAL CAYMI 60, ITAPUÃ- FONES:3498 - 1536 / 9139 - 6227
http://www.labellini.com.br/
LANCHES SAUDÁVEIS PARA LANCHONETE



-BANANA REAL INTEGRAL
-SANDUICHES NATURAIS
-PASTEL DE  SOJA
-TORTINHAS DE BANANA COM GRANOLA

terça-feira, 7 de outubro de 2014



 SÁBADO, DIA 11, DAS 9 AS 13 HORAS,CURSO SOBRE SOBREMESAS SAUDÁVEIS SEM AÇÚCAR QUE ESTAREI MINISTRANDO NA Nutrimaster Soluções Nutrição, Pituba!


quarta-feira, 1 de outubro de 2014

PRÓXIMOS CURSOS QUE ESTAREI MINISTRANDO NA NUTRIMASTER PITUBA DURANTE O MÊS DE OUTUBRO! ESPERO VOCÊS LÁ!



terça-feira, 16 de setembro de 2014

FAROFA DE BANANA DA TERRA COM URUCUM


2 bananas terra maduras
1 xícara de farinha de mandioca
½ cebola picadinha
2 colheres de sopa de óleo de canola, milho ou girassol
1 colher de chá de urucum
1 colher de chá de sal marinho


1. Corte as bananas em pequenos pedaços quadrados. Leve ao forno médio para assar por 30 a 35 minutos.
2. Refogue a cebola no óleo por 3 minutos. Adicione as bananas assadas e o sal marinho. Em seguida acrescente o urucum e mexa bem. Agregue todos os ingredientes.
3. Desligue o fogo e vá adicionando, aos poucos, a farinha de forma que todos os ingredientes se misturem e a farinha adquira uma bela coloração amarelo intenso.
Dicas

Utilize esta farofa nas moquecas, substituindo a tradicional farofa de azeite.
O urucum é extraído da semente de uma planta brasileira e utilizado como corante natural nos mais diferentes pratos, cozidos, assados, doces e salgados. É considerado benéfico para o coração e vias respiratórias.
Meus próximo curso na Nutrimaster Soluções Nutrição: CURSO DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL BÁSICO I, em duas datas e horários.


Meu próximo curso no Ramma Cozinha Natural! PREPARANDO UM CARDÁPIO REGIONAL SAUDÁVEL COM RECEITAS DO RAMMA. Muito saboroso!


quarta-feira, 10 de setembro de 2014

   ENTREVISTA NO PROGRAMA BAND ENTREVISTA            
                              14 DE SETEMBRO DE 2014

Amigos, hoje 10 de setembro, foi um dia maravilhoso para mim e gostaria de compartilhá-lo com vocês! Recebi um convite muito especial da TV BANDEIRANTES BAHIA, tendo concedido uma entrevista a competente e simpática repórter Tiale Acrux. Ela será exibida no domingo próximo, dia 14, no programa BAND ENTREVISTA, em dois horários, as 8:30 e a noite logo após o programa Canal Livre. Conversamos sobre diversos tópicos interessantes sobre como implementar práticas culinárias saudáveis na nossa alimentação diária. Foi um bate papo muito agradável e convido a todos os  amigos a assistirem o programa, o que, para mim, será uma honra e uma imensa alegria!


domingo, 31 de agosto de 2014

COMPOTA DE FRUTAS SECAS

Começamos o mês de setembro e, em breve, a primavera nos presenteará com uma profusão de cores e matizes maravilhosos! Selecionei, essa semana, uma sobremesa especial, atendendo a solicitação de alguns alunos que têm restrições quanto a ingestão de açúcar na sua alimentação diária. É uma compota mista, adoçada naturalmente com os açúcares das frutas secas que confere a receita, leveza e sabor. Espero que desfrutem!

Abraços cheios de paz!


COMPOTA DE FRUTAS SECAS

100 gramas de figos secos picados
100 gramas de ameixas secas sem caroço picadas
100 gramas de uvas passas brancas
60 gramas de damascos secos picados
3 copos de água filtrada
2 rodelas de limão
2 paus de canela

1.     Leve todos os ingredientes ao fogo em uma panela média funda.
2.     Quando começar a ferver tampe e deixe cozinhar por 30 minutos até que as frutas fiquem macias.
DICA: Sirva acompanhada com iogurte natural batido ou ricota esfarelada.

terça-feira, 19 de agosto de 2014




ATENÇÃO AMIGOS: PÃO INTEGRAL SEM FARINHA DE TRIGO INTEGRAL?

Pois é amigos, qual não foi minha surpresa quando, lendo o rótulo de uma marca de pão amplamente vendida no mercado, me defronto com a INCRÍVEL E ABSURDA constatação de que o pão anunciado, na embalagem, como PÃO DE TRIGO INTEGRAL, não possuía, na sua composição, nenhuma grama de FARINHA DE TRIGO INTEGRAL e sim FARELO DE TRIGO. Pasmem!!!!!!!!!!! Para que qualquer alimento seja anunciado como INTEGRAL é necessário que esse possua, na sua composição, algum ingrediente integral. Óbvio! O absurdo é que, nesse caso, o pão deveria possuir, na sua composição uma porcentagem de FARINHA DE TRIGO INTEGRAL(seria razoável, uma porcentagem, de no mínimo 25%). Como a farinha integral é mais cara que a branca, muitas indústrias alimentícias usam um artifício ?????, utilizando o FARELO OU FIBRA DE TRIGO, cujo preço, no mercado é muitíssimo mais barato que a FARINHA DE TRIGO INTEGRAL, misturado com a FARINHA DE TRIGO BRANCA. Quando se mistura o FARELO ou FIBRA a farinha branca, a mesma fica com uma tonalidade amarronzada clara e textura mais grossa, tornando-se “parecida” com a FARINHA DE TRIGO INTEGRAL. Ou seja, quando o consumidor observa o pão pronto, vendido como INTEGRAL, tem a “impressão” que o mesmo foi preparado com FARINHA DE TRIGO INTEGRAL........


O FARELO (ou FIBRA DE TRIGO) se constitui na película externa do grão de trigo, sendo formada por fibras insolúveis que exercem importantes funções no nosso organismo, porém, este não possui a mesma riqueza nutricional da FARINHA DE TRIGO INTEGRAL. 


Ao longo dos mais de 25 anos em que trabalho com Alimentação Saudável, não é a primeira vez que constatei esse tipo de manobra, inclusive por parte de inúmeras indústrias alimentícias multinacionais. Portanto, minhas sugestões são:


1. Adquira o ótimo hábito de LER OS RÓTULOS do que você está comprando, para não adquirir gato por lebre.


2. Se realmente você quiser consumir um PÃO INTEGRAL faça seu pão em casa (ou adquira-o de uma fonte confiável). É seguro, gostoso de preparar e você vai ter a certeza de estar consumindo um produto natural, sem aditivos ou adição de açúcares e gorduras indesejáveis. Para preparar um pão integral simples, macio e saboroso, você só precisa de poucos ingredientes: farinhas de trigo branca e integral, fermento biológico, sal, água e óleo. Mão na massa e saúde!

Katia Borges

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

PROXIMO DIA 27, QUARTA-FEIRA, AS 19:30 ESTAREI MINISTRANDO UMA PALESTRA SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NO ESPAÇO MAHATMA GANDHI, Rua Rio de Janeiro, 694 - Salvador - Bahia | Tel: (71)3248-7533. A ENTRADA É GRATUITA. SERÁ UMA ALEGRIA ENCONTRAR MEUS QUERIDOS AMIGOS LÁ PARA TROCARMOS INFORMAÇÕES SOBRE ESSE ASSUNTO TÃO IMPORTANTE!


GRÃO DE BICO COM ARROZ AO CURRY




2 xícaras de arroz integral cozido
1 e ½ xícara de grão de bico
2 colheres de sopa de azeite de oliva
½ xícara de nozes picadas
1/3 de xícara de passas hidratadas
1/3 de xícara de damascos secos picados
2 cebolas roxas cortadas em fatias finas
2 a 3 colheres de sopa rasas de curry (se aprecia mais picante use as 3 colheres)
Sal marinho a gosto

  1. Coloque o grão de bico de molho de um dia para o outro. Lave-o, retirando as cascas e leve-o para cozinhar em água e sal marinho até que fique macio. Escorra e reserve.
  2. Em uma frigideira refogue as cebolas no azeite até que fiquem transparentes. Acrescente o curry, as passas e os damascos e incorpore todos estes ingredientes. Você vai sentir o sabor pungente do curry se espalhando pelo ambiente.
  3. Adicione o arroz e misture bem. Por fim, coloque o grão de bico, mexendo para que todos os produtos fiquem bem homogeneizados.
  4. Sirva quente, finalizando com as nozes picadas.
DICA: Substitua as nozes por castanhas de caju ou do pará picadas.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

LEITES VEGETAIS


LEITE DE AVEIA

·         2 xícaras (chá) de aveia em flocos 
·         3 xícaras (chá) de água mineral ou filtrada

Deixe a aveia de molho na água por uns 10 minutos apenas para amolecer.Bata tudo no liquidificador. Coe e leve para a geladeira. Durabilidade 3 dias.

LEITE DE ARROZ

·         2 xícaras de arroz integral, sem lavar
·         10 xícaras de água mineral ou 2 litros e meio
·         ½ colher das de chá de sal
·         ½ fava de baunilha ou 1 canela em pau

Leve tudo ao fogo por exatos 15 minutos, não mais que isso. Bata tudo no liquidificador ainda quente no modo pulsar, por 3 vezes rápidas para que não vire uma papa (apenas deixe quebrar os grãos). Não aguarde o arroz esfriar para bater, pois o arroz absorve toda a água e teremos um leite muito grosso.
Peneire mexendo o arroz delicadamente apenas para sair o líquido. Leve à geladeira em um recipiente de vidro.

LEITE DE OLEAGINOSAS  (NOZES, AVELÃS, AMÊNDOAS, CASTANHA DO PARÁ)

Deixe de molho durante 8 horas (de um dia para o outro), ½ xícara de chá das sementes de sua preferência com 2 xícaras de chá de água. Para quem prefere o leite mais doce deixe de molho junto 2 tâmaras sem caroço.
Na manhã seguinte coe em uma peneira as sementes e passe embaixo da água. Bata no liquidificador as sementes (com as tâmaras, se for o caso) com 1 litro de água. Coe a mistura em um pano de algodão e coloque numa jarra ou garrafa de vidro, Durabilidade: 1 semana na geladeira. Este leite pode ser bebido ao natural ou em receitas que usam leite de vaca.


DICAS PARA INCREMENTAR O ARROZ INTEGRAL


Muitos alunos me escrevem solicitando maneiras para incrementar o arroz integral diário. Lembre-se que, para preparar um arroz integral bem soltinho, você deve utilizar, para cozinhá-lo, a proporção de 1 xícara de arroz integral para 3 xícaras de água quente. Mantenha a penela semi tampada durante o cozimento.

1. Coloque uma colher de chá de açafrão da terra (cúrcuma) na água de cozimento do arroz para que ele fique com uma radiante coloração dourada.

2. Prepare o arroz integral com 2 xícaras de água quente e uma de suco de laranja puro. Fica com um delicioso sabor cítrico.

3. Refogue 1 xícara de arroz integral cru em 1 colher de sopa rasa de óleo e 2 dentes de alho picadinhos. Depois acrescente uma xícara rasa de sementes bem picadas (nozes, castanhas, amêndoas). Misture tudo para incorporar os ingredientes. Acrescente as 3 xícaras de  água quente.



Espero que apreciem!

terça-feira, 5 de agosto de 2014

CHUCHU COZIDO NO COCO FRESCO COM CASTANHAS DE CAJU E DENDÊ


2 chuchus cortados em pedaços médios
1 cebola picadinha
½ pimentão vermelho picadinho
1 dente de alho picadinho
3 colheres de sopa de água
100 ml de leite de coco fresco
3 colheres de sopa de coco ralado fresco
1 colher de sopa de azeite de dendê (se apreciar acrescente mais uma colher)
3 colheres de sopa de castanhas de caju picadas ou xerém de castanhas de caju
2 colheres de sopa de coentro picadinho
1 colher de chá de sal marinho

1.      Coloque para refogar, nas 3 colheres de  sopa de água, o pimentão, a cebola e o alho por uns 3 minutos. Acrescente o chuchu picado e mexa. Deixe apurar o sabor por uns 3 minutos.
2.      Acrescente o leite de coco, a coco ralado, o sal e o azeite de dendê. Mexa para incorporar todos os ingredientes e tampe a panela. Deixe cozinhar até que o chuchu fique macio, porém não mole.
3.      Apague o fogo e adicione as castanhas e o coentro picadinhos. Misture tudo e deixe descansar por 5 minutos antes de servir.

DICA: Se apreciar, pode adicionar, ao cozimento, alguns camarões secos picados.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

FEIJÃO SIMPLES, SIMPLES E DELICIOSO (quem precisa de carne?)



A ciência confirmou o que nossas avós já sabiam: deixar o feijão de molho, a noite, é uma medida que favorece a nossa saúde. O feijão possui na sua casca dois tipos de carboidratos que não são digeríveis pelo nosso trato gastrointestinal, provocando desconforto abdominal e produção de gases. Portanto, é adequado colocar o feijão de molho, antes de cozinhá-lo, porque reduz a quantidade destes carboidratos, e, como consequência, diminui a produção de gases. A maioria dos artigos científicos indica também, que é vantajoso descartar a água onde o feijão esteve de molho, uma vez que os antinutrientes – compostos que interferem na absorção dos nutrientes – são então, removidos, mesmo que não por completo. 
Este feijão sempre fez o maior sucesso em minha casa. Aqueles que o experimentam, simplesmente se deliciam e aprovam. Todos expressam uma grata surpresa e espanto, pelo fato de que é possível se preparar um feijão delicioso, sem carne e sem uma gota de gordura. 

½ quilo de feijão (carioca, mulatinho, preto)
1 litro e meio de água fria
2 colheres de chá de sal marinho

Para o tempero

2 dentes de alho picados
1 cebola média picado
Meio pimentão picado
1 tomate picado
1 xícara de ervas frescas picadas (escolha a de sua preferência ou a que tiver disponível em casa: coentro, manjericão, cebolinha, salsa, hortelã)
2 folhas de louro
Cominho ou pimenta do reino a gosto
1 xícara de água

Bata no liquidificador todos os ingredientes do tempero.

1. Deixe o feijão de molho, na água, durante no mínimo 8 horas. Retire-o e escorra.
2. Coloque o feijão, novamente, em uma panela com a água e o sal marinho e deixe a água ferver. A partir daí espere cozinhar com cerca de 35 minutos ou até que o feijão fique macio. Algumas marcas demoram um pouco mais para cozinhar.
3. Depois deste período adicione o tempero dentro da panela e deixe cozinhar por mais 10 minutos.

DICAS
* Costumo separar este conteúdo em porções menores e congelo por um mês, em vasilhas plásticas.
* O tempero batido é excelente para aqueles (em especial as crianças) que não gostam de ver o tempero na comida!




quinta-feira, 19 de junho de 2014

segunda-feira, 16 de junho de 2014

FEIJÃO SIMPLES, SIMPLES E DELICIOSO (quem precisa de carne?)

Como não como carne vermelha há mais de 30 anos, muitos amigos e alunos me perguntam sobre como preparamos, em minha casa, o feijão diário. Envio, então, esta semana, a receita do nosso feijão que se encontra no meu livro COZINHA COM SAÚDE. 

A ciência confirmou o que nossas avós já sabiam: deixar o feijão de molho, a noite, é uma medida que favorece a nossa saúde. O feijão possui na sua casca dois tipos de carboidratos que não são digeríveis pelo nosso trato gastrointestinal, provocando desconforto abdominal e produção de gases. Portanto, é adequado colocar o feijão de molho, antes de cozinhá-lo, porque reduz a quantidade destes carboidratos, e, como consequência, diminui a produção de gases. A maioria dos artigos científicos indica também, que é vantajoso descartar a água onde o feijão esteve de molho, uma vez que os antinutrientes – compostos que interferem na absorção dos nutrientes – são então, removidos, mesmo que não por completo.

Este feijão sempre fez o maior sucesso em minha casa. Aqueles que o experimentam, simplesmente se deliciam e aprovam. Todos expressam uma grata surpresa e espanto, pelo fato de que é possível se preparar um feijão delicioso, sem carne e sem uma gota de gordura.

½ quilo de feijão (carioca, mulatinho, preto)
1 litro e meio de água fria
2 colheres de chá de sal marinho

Para o tempero

2 dentes de alho picados
1 cebola média picado
Meio pimentão picado
1 tomate picado
1 xícara de ervas frescas picadas (escolha a de sua preferência ou a que tiver disponível em casa: coentro, manjericão, cebolinha, salsa, hortelã)
2 folhas de louro
Cominho ou pimenta do reino a gosto
1 xícara de água

Bata no liquidificador todos os ingredientes do tempero.

1. Deixe o feijão de molho, na água, durante no mínimo 8 horas. Retire-o e escorra.
2. Coloque o feijão, novamente, em uma panela com a água e o sal marinho e deixe a água ferver. A partir daí espere cozinhar com cerca de 35 minutos ou até que o feijão fique macio. Algumas marcas demoram um pouco mais para cozinhar.
3. Depois deste período adicione o tempero dentro da panela e deixe cozinhar por mais 10 minutos.

DICAS
* Costumo separar este conteúdo em porções menores e congelo por um mês, em vasilhas plásticas.
* O tempero batido é excelente para aqueles (em especial as crianças) que não gostam de ver o tempero na comida!